Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Artigos

Mesa de Debate: “Mulheres pelo direito de existir, trabalhar, estudar e ser feliz”

Publicado: Sexta, 15 de Março de 2019, 10h10 | Última atualização em Quinta, 04 de Abril de 2019, 18h20

No dia 13 de março foi realizada, nos períodos vespertino e noturno, a mesa de debate "Mulheres pelo direito de existir, trabalhar, estudar e ser feliz".

O evento foi uma realização do SINASEFE-SP (Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica) em parceria com o NEABI (Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas do IFSP) e MIEIB (Movimento Interfóruns de Educação Infantil do Brasil).

A professora mestra Marcia Soraya Teani, representante do SINASEFE-SP, abriu a mesa apresentando as condições de desigualdades e violências vivenciadas pelas mulheres na sociedade brasileira, reforçando a necessidade de ações para defesa e garantia dos direitos e da igualdade de oportunidades.

A professora doutora Patrícia da Silva Nunes e a professora mestra Monique Reis, membras do NEABI/IFSP, debateram sobre a questão das mulheres negras no Brasil contemporâneo, apresentando dados sobre violência, discriminação e promovendo uma reflexão sobre a construção da identidade negra.

A professora doutora Fernanda Cristina de Souza fez uma narrativa sobre a trajetória de mães universitárias, apontando os desafios para a permanência na educação superior. A psicóloga e técnica em assuntos educacionais Aline Karen Baldo realizou a mediação das discussões.

Estiveram presentes no evento estudantes dos cursos técnicos e dos cursos superiores, professores/as, técnicos/as administrativos/as e pessoas da comunidade. Um momento para marcar o mês da mulher e promover o debate, a reflexão e inspirar ações de combate a todas as formas de discriminação e violências contra as mulheres.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página